RSS

Cada segundo…

27 dez

248239_172345832825034_5404242_n

Representa-me o amor miudamente

Toda enorme angustia de quem vive

Com estas lembranças desde que partiste

Semeando em mim total tormento…

 

Envenenar-me é ter em pensamento

Vivo pulsante, teimoso e arredio…

Cada segundo, a todo instante o tal momento,

Que em vivo ardor, tremer me fez de frio…

 

No mesmo instante juntamente choro e rio

O desfortúnio dessa vida malograda

Aonde a memória não apaga um só segundo

 

Esse teu beijo, esse teu jeito único de amar.

Ah! Quem dera a morte bem depressa me alcançar

Do que sobreviver desse amor tão vagabundo!

 

Por Lu Marinho

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de dezembro de 2012 em #DESTAQUE

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: