RSS

Arquivo mensal: outubro 2012

Rascunho de Amor

Essa “estranha” que agora ignoras já dormiu aconchegada no teu peito, no teu cansaço serviu-te de travesseiro, nas tuas tantas crises te escutou, hoje choro triste em ver o horror do quão duro pode ser um coração, que ainda ontem segurando a minha mão fez-me acreditar num lindo sonho, hoje é espinho nos versos que componho tentando aliviar um pouco a dor, de ser mais um nesta vida sem amor, de ser mais um nesta vida sem carinho, de ser um triste pássaro sem ter ninho, sem esperanças, carregando apenas dor… Se minha vida é amargar o dissabor de viver entregue a ilusão sem saber onde anda o coração que a leveza da alma me furtou e minha vida tornou dura labuta, melhor seria num cálice de cicuta logo por fim nesse rascunho de amor….

Lu Marinho

 
1 comentário

Publicado por em 20 de outubro de 2012 em #DESTAQUE

 

No Cais do Tempo…

Saudade… Sinônimo de você…

Este é o planeta onde habito

Misto de dor, pranto e sorriso

Lembrando o que devo esquecer…

 

Saudades… Desabrochando gemidos

Em lembranças de sonhos contidos

Que no fundo d’alma adormecidos

Entorpecidos, há muito tento esconder…

 

Saudades dos momentos, do bem vivido

Único, indivisível que inteira me fiz pertencer

Ao sonho interrompido que arrancou-me você…

 

Saudades… quase não faz mais sentido

Tua presença, que corroí como algo nocivo

a esperança tardia e a vontade de viver…

 

Lu Marinho

 
1 comentário

Publicado por em 11 de outubro de 2012 em #DESTAQUE