RSS

Contra o tempo…

04 maio

Contra o tempo…

 

Saudade, não respeita tempo

tempo, que tenta expulsar a saudade

saudade, que de pirraça insiste que fica

e fica, por pura maldade…

E fazendo birra, brigam com o tempo

as amigas inseparáveis,

quase indivisível,

chamadas dor e saudade…

E a esperança bandida ainda dá opinião,

fingindo ser boa amiga de mutreta com a ilusão,

incentiva, estimula o ingênuo coração,

que de bobo entra na briga, pensando ser sabichão…

E nessa briga ferrenha,

só quem sofre de verdade

é o pobre do coração que agindo sem maldade,

acreditou piamente nas amigas “falsidade”

esperança e ilusão, amigas fiel da saudade…

E o tempo se dana a passar,

a saudade se dana a doer,

a ilusão a gargalhar,

a esperança a roer,

e o coração coitado,

só sabe chorar e sofrer…

Por Lu Marinho

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de maio de 2012 em #DESTAQUE, ♥ POESIAS ♥

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: